Qual o saco ideal para o seu negócio?

Primeiro passo: Saber a medida do saco, medir a largura e a altura. Quando souber quais os tamanhos ideais, é importante saber a abertura dos sacos; por exemplo, se os seus produtos estão em caixas os sacos devem ter fole o que faz com que tenha uma maior abertura na boca. Exemplos de sacos com fole: sacos de plástico asa vazada cortante novo, sacos de papel asa torcida, sacos de plástico alça, sacos de plástico mala, sacos de plástico asa soldada, sacos de papel asa cordão.

Segundo passo: Perceber qual a quantidade ideal. Se vai abrir um negócio talvez seja melhor comprar menos sacos, assim com o passar do tempo tem uma melhor perceção do número de unidades que vai necessitar numa futura compra, de qualquer forma aconselhamos sempre a comprar uma quantidade superior, o que lhe permitirá ter uma poupança significativa.
Por exemplo: Se optar por 1.000 unidades em vez de 250, pode poupar até 0,05 € por saco dependendo do produto.

Terceiro passo: Cores do logótipo. Se personalizar a uma cor, fica sempre mais económico. Se optar por duas cores, em pequenas quantidades poderemos ter que adaptar o seu logótipo de forma a que garanta a qualidade do seu trabalho. Em grandes quantidades, faremos a impressão conforme pretenda aproximando sempre as cores aos pantones.

Quarto passo: Cores dos sacos. Nos sacos de papel se optar pela cor kraft natural ou branco ficará mais barato, nos sacos de plástico o branco e o preto são a soluções mais económicas.